18 de Fevereiro, 21.30h: “Gespenster – Fantasmas”

GI_Logo_vertical_green_sRGBGespenster

Realização: Christian Petzold

Argumento: Harun Farocki e Christian Petzold
Intérpretes: Julia Hummer, Sabine Timoteo, Marianne Basler, Aurélien Recoing, Benno Fürmann, Anna Schudt

ALE / 86ʼ / 2005

“Gespenster”, que Petzold apresentou no Festival de Berlim em 2005, e foi nomeado para o Urso de Ouro, é a sua segunda obra para cinema, sendo apresentada pelo realizador como a segunda parte da “Gespenster Trilogie – Trilogia dos Fantasmas” que termina com “Yella”, o seu primeiro filme a ter estreia comercial em Portugal.

Os três filmes mostram pessoas que estão excluídas da sociedade, e tentam, em vão, voltar a ser “normais”. Quase sempre, esta exclusão de uma vida “normal” tem motivos económicos, agravados por uma vida sentimental/sexual frustrante.

De alguma maneira, “Fantasmas” parece começar onde o filme anterior terminou, com a mesma actriz (Julia Hummer) no papel de Nina, uma orfâ, que vive num instituição social, e trabalha em Berlim a apanhar lixo no parque da cidade, o Tiergarten. A história de Nina cruza-se com a de um casal de franceses, cuja filha foi raptada em Berlim há vários anos. Françoise (Marianne Basler) nunca recuperou, e vê a sua filha perdida em todas as adolescents que encontra.

Entre os fantasmas que o filme evoca, também está a cidade de Berlim entre o pós guerra e a queda do muro, com Petzold a citar nalguns planos  o filme de Wim Wenders “As Asas do Desejo”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s