25 de Agosto, 19h: “Lisboetas”

Realização: Sérgio Tréfaut

Documentário

PORTUGAL – 2004, 106’

Os “Lisboetas” do filme de Sérgio Tréfaut são a recente vaga de emigrantes, de todos os credos e origens, que contribuiram nos últimos anos para o novo cosmopolitismo de Lisboa. O olhar directo do realizador evita os habituais rodriguinhos piedosos de muitas reportagens televisivas.

Nota importante, a música multicultural que Tréfaut utilizou nos “Lisboetas”, acentuando a identidade das canções africanas, romenas e ucranianas, ou dando-lhes uma tintagem nostálgica, no fundo a outra alma de toda a comunidade de estrangeiros em qualquer país.

Há, admitamos, uma crítica facilmente detectável, e os visados somos nós, que fomos um país de emigrantes no Século XX (e que, se calhar, voltaremos a sê-lo no Século XXI).

Segundo Tréfaut (nascido no Brasil, de pai português e mãe francesa), “Portugal mistura uma certa tolerância com uma falta de oferta de condições. Ou seja, as pessoas são autorizadas a ficar um pouco como os mendigos são autorizados a estar na rua. Por outro lado, a questão da imigração de Leste é muito especial. São pessoas muito qualificadas – engenheiros, biólogos, etc – que estão a trabalhar nas obras para empreiteiros iletrados. O que há de bom na imigração não vai ser aproveitado.”

O filme será legendado em inglês, pois vamos contar com a presença de um grupo de aproximadamente 20 estudantes do programa ERASMUS, que estarão em Tomar durante as próximas semanas.

Os comentários estão fechados.